Newsletter APEJESP
 
Fevereiro / 2014

APEJESP busca expandir acesso dos peritos junto ao TJSP
No dia 04 de fevereiro de 2014 a APEJESP foi recebida, na figura do seu Presidente José Vanderlei Masson dos Santos e do Conselheiro e presidente da FEBRAPAM Silvio Lopes Carvalho, no Tribunal de Justiça de São Paulo pelo Desembargador Doutor Eros Picelli, que recentemente assumiu a Primeira Vice Presidência do TJSP. "Para nós o encontro foi de estrema importância, pois estamos buscando melhorias para os peritos. E as solicitações vão impactar diretamente no trabalho do dia a dia do profissional", afirmou Masson.


TJ - Provimento CSM Nº 2.144/2013: Perito deverá ter certificação digital O CONSELHO SUPERIOR DA MAGISTRATURA, no uso de suas atribuições, CONSIDERANDO que o interesse público recomenda a adoção de mecanismos de controle de nomeação e atuação de peritos judiciais e outros profissionais técnicos nas Varas e correspondentes ...

ATENÇÃO: Perito deverá fazer relatório pericial em formato PDF: "COMUNICADO SPI Nº 63/2013" A Secretaria da Primeira Instância, por ordem da Egrégia Corregedoria Geral da Justiça, COMUNICA aos Juízes de Direito e aos dirigentes das unidades judiciais do Estado de São Paulo que utilizam o sistema informatizado SAJPG5 (unidades hibridas/Digitais), que mediante ...


Sede administrativa da FEBRAPAM será em São Paulo na APEJESP A delegação da APEJESP, contou com o presidente da entidade José Vanderlei Masson dos Santos, e com os presidentes Carlos Roberto Galli (Gestão 2010/2011), Sebastião Edison Cinelli (Gestões 2001/2003 e 2007/2009), Silvio Lopes Carvalho (1991/1993 e 1993/1995) ...


APEJESP esteve no aniversário do Sescon-SP O Presidente da APEJESP, José Vanderlei Masson dos Santos, prestigiou o 65º aniversário do Sescon-SP (Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisa no Estado de São Paulo) e da Aescon-SP (Associação ...

Com a palavra, o vice-presidente Eros Picelli do TJSP "A Justiça está à disposição da população. Não se deve encarar o magistrado como alguém possuidor de autoridade e poder intimidador. O poder que possuímos emana da Constituição, pois somos todos prestadores de serviço público." - Desembargador Eros Piceli




 
Praça Clóvis Bevilaqua, 121 • 4º andar - Cj. 41 • CEP 01018-001 - SP • Tel. (11) 3104-1514