Newsletter APEJESP
 
Fevereiro / 2014

APEJESP busca expandir acesso dos peritos junto ao TJSP
No dia 04 de fevereiro de 2014 a APEJESP foi recebida, na figura do seu Presidente José Vanderlei Masson dos Santos e do Conselheiro e presidente da FEBRAPAM Silvio Lopes Carvalho, no Tribunal de Justiça de São Paulo pelo Desembargador Doutor Eros Picelli, que recentemente assumiu a Primeira Vice Presidência do TJSP. "Para nós o encontro foi de estrema importância, pois estamos buscando melhorias para os peritos. E as solicitações vão impactar diretamente no trabalho do dia a dia do profissional", afirmou Masson.


TJ - Provimento CSM Nº 2.144/2013: Perito deverá ter certificação digital O CONSELHO SUPERIOR DA MAGISTRATURA, no uso de suas atribuições, CONSIDERANDO que o interesse público recomenda a adoção de mecanismos de controle de nomeação e atuação de peritos judiciais e outros profissionais técnicos nas Varas e correspondentes ...

ATENÇÃO: Perito deverá fazer relatório pericial em formato PDF: "COMUNICADO SPI Nº 63/2013" A Secretaria da Primeira Instância, por ordem da Egrégia Corregedoria Geral da Justiça, COMUNICA aos Juízes de Direito e aos dirigentes das unidades judiciais do Estado de São Paulo que utilizam o sistema informatizado SAJPG5 (unidades hibridas/Digitais), que mediante ...


Sede administrativa da FEBRAPAM será em São Paulo na APEJESP A delegação da APEJESP, contou com o presidente da entidade José Vanderlei Masson dos Santos, e com os presidentes Carlos Roberto Galli (Gestão 2010/2011), Sebastião Edison Cinelli (Gestões 2001/2003 e 2007/2009), Silvio Lopes Carvalho (1991/1993 e 1993/1995) ...


APEJESP esteve no aniversário do Sescon-SP O Presidente da APEJESP, José Vanderlei Masson dos Santos, prestigiou o 65º aniversário do Sescon-SP (Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisa no Estado de São Paulo) e da Aescon-SP (Associação ...

Com a palavra, o vice-presidente Eros Picelli do TJSP "A Justiça está à disposição da população. Não se deve encarar o magistrado como alguém possuidor de autoridade e poder intimidador. O poder que possuímos emana da Constituição, pois somos todos prestadores de serviço público." - Desembargador Eros Piceli




Este site utiliza cookies para realização de análises estatísticas acerca de sua utilização. Não são coletados dados pessoais por meio de cookies. Ao clicar em “OK”, você concorda com o armazenamento de cookies e com a nossa política de privacidade.
OK
 
Praça Clóvis Bevilaqua, 121 • 4º andar - Cj. 41 • CEP 01018-001 - SP • Tel. (11) 3104-1514 Política de privacidade