Home
Edições Anteriores
Site APEJESP
Contato
 
 
APEJESP participa de plenária no CRCSP com presidente do CRCDF e de professor da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos A APEJESP participou no dia 11 de março de 2021 da quarta sessão plenária institucional do ano do Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo (CRCSP), com transmissão ao vivo no YouTube e a presença do presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Distrito Federal (CRCDF), Daniel Chaves Fernandes, e do professor de Contabilidade da Universidade de Illinois, em Urbana-Champaign, nos Estados Unidos, Gerlando Augusto Sampaio Franco de Lima.

O presidente do CRCSP, José Donizete Valentina, realizou a abertura da sessão, na qual foram discutidos alguns dos principais temas da profissão contábil na atualidade, e coordenou a condução dos trabalhos. "Esta plenária institucional tem como objetivo levar aos profissionais da contabilidade um pouco do que o CRCSP e as Entidades Contábeis fazem pela profissão. Nós queremos promover cada vez mais a transparência e a participação do nosso Conselho", destacou.

O presidente da APEJESP, José Vanderlei Masson dos Santos, falou sobre a necessidade cada vez maior da atuação conjunta entre as Entidades Contábeis: "Nos momentos difíceis que ainda temos pela frente, temos a certeza de que continuaremos unidos e irmanados pela profissão", disse.

Cenário internacional

O primeiro convidado da plenária foi o professor de Contabilidade da Universidade de Illinois, Gerlando Augusto Sampaio Franco de Lima. Ex-professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP), tendo chefiado o Departamento de Ciências Contábeis e Atuária de 2014 a 2016, Gerlando falou sobre questões relacionadas à Contabilidade, saúde e negócios nos Estados Unidos e sobre o futuro da Contabilidade Internacional.

Gerlando iniciou sua fala com informações sobre a situação dos EUA referentes à pandemia da Covid-19 e seus impactos nos negócios. "Aqui nós sentimos uma segunda onda da pandemia muito forte, que trouxe reflexos para a economia. Em média, 60% das empresas de médio e pequeno portes fecharam nos EUA e, em cidades turísticas, 45% de todas as empresas fecharam, o que impacta também a tributação. Em Illinois, por exemplo, houve uma queda de 10% da tributação em relação ao PIB", complementou o professor.

Sobre o panorama internacional para a Contabilidade, Gerlando ressaltou que a Contabilidade nos Estados Unidos é altamente valorizada, sendo a terceira profissão de mais destaque. "Na Universidade Illinois, 98% dos alunos são incorporados ao mercado. Os contadores também estão indo menos para funções em que a certificação de contador público (Certified Public Accountant – CPA, no original em inglês) não é obrigatória, especialmente para as áreas de tecnologia e gestão", destacou o professor.

Desafios da Contabilidade no Distrito Federal

O presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Distrito Federal (CRCDF), Daniel Chaves Fernandes, apresentou dados sobre como a pandemia da Covid-19 afetou os negócios no Distrito Federal e como o CRCDF agiu para contornar os problemas e auxiliar os profissionais da contabilidade a superar a crise.

"O Distrito Federal foi o primeiro a fechar o comércio e passamos quatro meses fechados. A primeira ordem no CRCDF foi suspender o atendimento presencial e viabilizar formas de acesso e trabalho remotos, para preservar a saúde de todos. Depois revisamos os contratos para renegociar os valores, dentro do que nos permite a legislação, o que nos deu alguma tranquilidade financeira. Então, com as dificuldades, dei andamento ao meu plano de gestão, que era desde o início investir em inovação e tecnologia", explicou o presidente brasiliense.

"Conseguimos com o Governo do Estado que a Contabilidade fosse considerada uma atividade essencial e estamos com uma série de ações, via CRC ou outras entidades, para buscar soluções para a classe contábil. Eu acredito que nós, que estamos à frente dos Conselhos de Contabilidade, estamos aqui para fazer o máximo, não o mínimo necessário", complementou Fernandes.

O vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CRCSP, Marcelo Roberto Monello, parabenizou o presidente do CRCDF por sua visão em relação à atuação dos Conselhos e apresentou algumas ações desenvolvidas pelo CRCSP, em conjunto com as Entidades Contábeis, para auxiliar os profissionais contábeis paulistas.

"Percebendo este movimento do presencial para o home office, o CRCSP e o Sescon-SP criaram o programa RE-Tech, com linhas de crédito para os escritórios contábeis adquirirem equipamentos eletrônicos. Também atuamos juntos aos Sindicatos dos Contabilistas, como o Sindcont-SP, e as outras Entidades Contábeis apoiando-os na defesa dos profissionais contábeis. Esta linha de atuação do CRCDF está muito alinhada com a da gestão do presidente Donizete", revelou Monello.

Após a apresentação dos convidados, o vice-presidente José Aparecido Maion apresentou dados sobre a Vice-Presidência de Administração e Finanças e sobre como o CRCSP se adaptou para ampliar os investimentos em prol dos profissionais contábeis e, ao mesmo tempo, manter o equilíbrio financeiro da entidade em um momento de pandemia.

Atuação conjunta

Encerrando a solenidade, os presidentes das Entidades Contábeis do Estado de São Paulo fizeram algumas considerações. O presidente do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (Sindcont-SP), Geraldo Carlos Lima, destacou que a gestão de entidades como o CRCSP e o Sindcont-SP possui grandes demandas e desafios. "O CRCSP está de parabéns pela sua atuação e o Sindicato está sempre à disposição para contribuir com o Conselho e as Entidades Contábeis para beneficiar os profissionais da contabilidade do nosso estado", ressaltou Geraldo.

O presidente da Academia Paulista de Contabilidade (APC), Domingos Orestes Chiomento, também parabenizou o CRCSP pela realização da plenária institucional e pela atuação da entidade: "Nossa sensação é que o CRCSP é um transatlântico, que para ser navegado exige sabedoria, conhecimento e expertise. A atual gestão está de parabéns pela condução do CRCSP".

"Estamos passando por um momento extremamente delicado com a pandemia e os profissionais da contabilidade são, mais do que nunca, essenciais para todas as empresas. Ainda que nosso estado não tenha reconhecido esta essencialidade em lei, não há uma só empresa ou entidade que não dependa dos profissionais da contabilidade. Esperamos que o Governo cumpra seu papel, ofereça as condições de saúde para a população para que possamos exercer nossa profissão com segurança", concluiu o presidente do CRCSP.

Participaram da plenária o presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) – Regional São Paulo, Carlos Aragaki, os vice-presidentes do CRCSP de Fiscalização, Ética e Disciplina, João Carlos Castilho Garcia, e de Registro, Mariano Amadio, os diretores Claudio Rafael Bifi (Executivo), Domingos Sávio Mota (Tecnologia e Infraestrutura) e Carlos do Carmo Rufino (Administrativo) e os conselheiros que compõem a plenária do CRCSP.

Fonte: Comunicação CRCSP



< VOLTAR
 
APEJESP - Todos os direitos reservados © É proibida a reprodução de textos e fotos publicadas, mesmo citando a fonte, sem expressa autorização assinadapelos diretores da publicação. Os artigos e matérias assinadas são de responsabilidade exclusiva dos seus autores. Jornalista Responsável: Suzamara Bastos. Criação: Acessa Brasil